Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Novo Portal do Software Público Brasileiro será lançado em seminário

Notícias

Novo Portal do Software Público Brasileiro será lançado em seminário

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Durante o lançamento, serão divulgadas duas novas soluções públicas

A versão beta do novo Portal do Software Público Brasileiro será lançada nesta terça-feira (9), durante o Seminário de Apoio Tecnológico aos Municípios, que será realizado no auditório do anexo I da Presidência da República, em Brasília. Durante o evento, também serão lançadas duas novas soluções públicas: sistema e-SIC Livre e Urbem CNM. Atualmente, mais de 200 mil pessoas estão cadastradas e mais de 70 soluções disponibilizadas no sítio gerenciado pelo Ministério do Planejamento (MP).

Entre as novidades da versão beta está a plataforma para o desenvolvimento colaborativo de softwares. “Elaboramos esta ferramenta para que os órgãos trabalhem em conjunto no incremento das soluções disponibilizadas no portal. Isso vai reduzir os custos e otimizar o trabalho, pois as alterações serão compartilhadas por todos, explica Luis Felipe Coimbra Costa, diretor do Departamento de Governança e Sistemas de Informação do MP.

Outras inovações da nova versão do SPB estão na busca de softwares públicos no catálogo e também categorizada; página estruturada de cada solução; ambiente inovador de gerenciamento de comunidades; e as listas de discussão. Ao longo dos próximos dois anos, a versão beta do SPB ainda passará por reformulações para ter a sua dinâmica ampliada e reformulada.

Novas soluções

O novo SPB será lançado com duas novas soluções, o sistema e-SIC Livre e o Urbem CNM. O primeiro software foi desenvolvido em plataforma livre para web com objetivo de tornar as informações de governo mais transparentes, em cumprimento a Lei de Acesso a Informação (Lei nº 12.527). Com o novo software público, o cidadão ou instituição solicita essas informações e acompanha o retorno do órgão pela internet.

Já o Urbem CNM é um sistema desenvolvido de acordo com a demanda dos municípios, tendo por objetivo o aperfeiçoamento da gestão pública por meio de uma visão moderna que contempla eficiência, economicidade, agilidade e transparência da gestão municipal. Totalmente orientado à web, foi desenvolvido em plataforma de software livre.

Por enquanto, somente cinco comunidades de softwares estarão disponíveis no portal. São elas: Cacic, e-Cidade, Gsan, sistema e-SIC Livre e Urbem CNM. As demais serão migradas gradativamente ao longo do próximo ano. Enquanto isso não acontece, os dois portais permanecerão disponíveis para a sociedade.

O SPB foi criado em abril de 2007 para compartilhar programas de computador de interesse público. Assim, o governo federal trata as soluções como um bem público, sem licenças que restrinjam seu uso ou o conhecimento pleno de seu funcionamento. A nova versão ainda ganhará ajustes e melhorias a partir da interação com o público ao longo dos próximos dois anos.

#municipiotec

Gestores públicos de todo o país poderão conhecer e tirar dúvidas sobre o novo SPB durante o Seminário de Apoio Tecnológico aos Municípios, realizado em parceria com outros ministérios, órgãos federais e entidades nacionais de representação dos municípios.

A participação poderá ser presencial ou pela internet. Pela rede mundial de computadores é necessário se cadastrar no site Participa.br ou baixar o aplicativo ParticipaBR para smartphone IOS ou Android, e em seguida entrar na comunidade Municipiotec. Também será possível interagir pelas redes sociais usando a hashtag #municipiotec.