Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Ministério apresenta primeira versão de padrões para base de dados do Governo Eletrônico

Notícias

Ministério apresenta primeira versão de padrões para base de dados do Governo Eletrônico

publicado:  16/04/2015 15h18, última modificação:  16/04/2015 15h18

Brasília, 29/3/2004 - O documento contendo a primeira versão, que os técnicos estão chamando de versão zero, da arquitetura e-PING - Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico - foi entregue no sábado (27.03) durante reunião da Associação Brasileira de Empresas Estaduais de Processamento de Dados (Abep), no Rio de Janeiro, pelo secretário de Logística e Tecnologia da Informação, do Ministério do Planejamento, Rogério Santanna.

O secretário entregou cópias do documento ao diretor-presidente da Abep, Marcos Mazoni e também aos representantes das empresas, para que estes possam fazer suas considerações sobre a e-PING.

O e-PING estabelece padrões, entre outras coisas, para a construção de base de dados no Governo Eletrônico de forma a permitir a troca de informações, por exemplo, entre bases de diferentes esferas de governo (municipal, estadual ou federal).

Para Rogério Santanna, a arquitetura e-PING é necessária para que se tenha um fluxo contínuo de informações que permita a implementação de serviços por meios eletrônicos.

Sem os padrões de interoperabilidade, os sistemas não conversam entre si e, conseqüentemente, não será possível a prestação de serviços eletrônicos de qualidade à sociedade, diz Santanna. Um bom exemplo a ser destacado para a importância do e-PING, acrescenta o secretário, é a unificação dos cadastros sociais, onde os sistemas das três esferas conseguirão, com segurança, trocar mensagens.