Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > História das licitações públicas brasileiras é tema de seminário

Notícias

História das licitações públicas brasileiras é tema de seminário

publicado:  16/04/2015 15h19, última modificação:  16/04/2015 15h19

Brasília, 05/09/2003 -Os 36 anos de licitações realizadas pelas diversas esferas públicas vão ser relembrados no 3º Seminário Internacional de Compras Governamentais. Os debates vão acontecer de 16 a 18 de setembro, no Parlamento Latino Americano, em São Paulo. Está prevista uma mesa redonda com juristas que farão um balanço sobre a experiência brasileira com a legislação de licitações. "Esse seminário será bom na coleta de subsídios para a reavaliação da lei 8.666 que trata das licitações públicas", afirma Ciro Fernandes, assessor da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

O primeiro dia do seminário, cujo tema principal é Do Decreto-Lei 200 ao Pregão Eletrônico - 36 Anos de Licitações em Busca da Transparência e do Controle Social, foi reservado para realização de tutoriais. Os minicursos, divididos em 20 temas, pretendem aperfeiçoar na prática o conhecimento dos profissionais envolvidos nos processos licitatórios. No segundo e no terceiro dia, serão realizados sete painéis com os principais nomes do setor de compras governamentais da América Latina e Caribe. Dentre os palestrantes, estarão presentes Rogério Santanna, secretário da SLTI, e Alexandre Motta, diretor de Serviços Gerais do Ministério do Planejamento.

O Parlamento Latino Americano fica localizado na Avenida Auro Soares Moura Andrade, nº 564, São Paulo. As inscrições podem ser feitas pelo site www.licitacao.com.br. O valor para os três dias de seminário é R$ 390. Funcionários públicos pagam R$ 200 e pregoeiros formados pela FUNDAP ou ENAP estão isentos da taxa de inscrição.