Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Delegação da República Popular da China visita a SLTI

Notícias

Delegação da República Popular da China visita a SLTI

publicado:  16/04/2015 15h19, última modificação:  16/04/2015 15h19

Brasília, 1/6/2006 -Uma Delegação do Conselho de Informatização da República Popular da China visitou na manhã desta quinta-feira, dia 01 de junho, a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento. O encontro foi para trocar experiências e conhecer as iniciativas desenvolvidas nas áreas de Tecnologia da Informação e de Governo Eletrônico no Brasil. Além da SLTI, a Delegação visita outras áreas e órgãos do Governo Federal Brasileiro.

A vice-ministra do Conselho de Informatização, Qu Weizhi, salientou que o governo chinês possui um plano de informatização do país para os próximos 15 anos que envolvem ações nas áreas de comércio e de governo eletrônico, internet e inclusão digital. Ela informou que o governo da China quer aproveitar o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação para acelerar a economia do país.

Na ocasião, o secretário adjunto da SLTI, Rodrigo Assumpção, destacou as iniciativas em curso na SLTI nas áreas de governo eletrônico como integração de sistemas, interoperabilidade para a troca digital de dados e informações, compras eletrônicas, inclusão digital, gestão da qualidade de informações sociais e prestação de serviços aos cidadãos por meios eletrônicos.

Assumpção falou sobre as ações como os Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico - e-PING - que podem facilitar a troca de dados entre países, por exemplo, e o Sistema de Integração e Inteligência em Informações de Governo - o i3-Gov -, desenvolvido em plataforma aberta, para melhorar o fluxo de informações entre os Sistemas Estruturadores do Governo e permitir a troca de dados em tempo real. Apresentou, também, iniciativas para a estruturação de uma rede do governo de comunicação de voz, dados e imagens de alta velocidade e ampliação do acesso à banda larga no país.

Destacou, ainda, o crescimento das compras eletrônicas nos últimos quatro anos que passaram de menos 1% em 2002 para cerca da metade do valor das aquisições de bens e serviços comuns do Governo Federal feitas atualmente. A reunião também contou com a apresentação da Diretora de Governo Eletrônico da SLTI, Patrícia Pessi, que falou sobre o desenvolvimento de novos serviços eletrônicos para a comunidade, iniciativa que envolve a realização de estudos, monitoramento e avaliação e desenvolvimento de portais e normas.

O Governo Brasileiro também esteve representado na ocasião pelo coordenador do Programa Rádio Escola do Ministério da Educação (MEC), Mathias Gonzales, que falou sobre as iniciativas do Governo Federal na área de Educação a Distância e pelo gerente de Comércio Eletrônico do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Rogério Vianna, sobre o comércio eletrônico no Brasil.