Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Crescimento de banda larga 4G aumenta necessidade de cidadão por serviços públicos digitais

Notícias

Crescimento de banda larga 4G aumenta necessidade de cidadão por serviços públicos digitais

Portais de serviços, dados abertos e de softwares públicos vêm crescendo para atender a demanda da sociedade

publicado:  13/05/2016 10h30, última modificação:  13/05/2016 11h33
Foto: Divulgação Ministério do Planejamento

Foto: Divulgação Ministério do Planejamento

 

A tecnologia de banda larga 4G está em 478 municípios, que concentram mais da metade da população brasileira (55%), de acordo com o levantamento de março deste ano (2016) feito pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). “Em 12 meses, a banda larga 4G cresceu 248%, a pesquisa só vem para corroborar a tendência de que as pessoas querem resolver seus problemas pelo celular, e que não seria diferente com o cidadão brasileiro que quer um serviço público de qualidade e rápido do governo”, disse o secretário-adjunto de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Fernando Siqueira.
 
As informações foram base da palestra “Estratégia de Governança Digital (EGD) – Rumo a um governo 100% digital”, nesta quinta-feira (12), em que o secretário apresentou para representantes de órgãos das três esferas de governo e de empresários da iniciativa privada no congresso ‘Information Show’, na sede da Confederação dos Trabalhadores do Comércio (CNTC), as iniciativas previstas na EGD (2016-2019).
 
Siqueira destacou a evolução do Processo Eletrônico Nacional (PEN) nos processos de gestão com a digitalização dos documentos. O secretário ressaltou, ainda, o crescente aumento da utilização do novo Portal de Serviços (serviços.gov.br), que já conta com 600 serviços disponíveis ao cidadão e o novo Portal do Software Público Brasileiro (softwarepublico.gov.br), com 83 soluções para serem utilizadas. Há também, o portal de dados abertos (dados.gov.br/) que conta hoje com conjuntos de 1.120 dados disponíveis para a sociedade.
 
“Aquela foto caricata do servidor com papeis em cima da mesa, enfim, está acabando na administração federal, e isso já é uma realidade”, disse Siqueira. A afirmação serviu para ilustrar o comportamento do servidor público nos dias atuais e sua adaptação aos novos modelos eletrônicos de gestão administrativa e processo de modernização da máquina pública brasileira.