Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Construção do novo Portal do Software Público Brasileiro chega à quarta etapa

Notícias

Construção do novo Portal do Software Público Brasileiro chega à quarta etapa

publicado:  16/04/2015 15h20, última modificação:  16/04/2015 15h20

Parceria entre o ministério e a Secretaria Geral da Presidência da República marca início da última fase da reformulação

Brasília, 28/03/2014 – O Ministério do Planejamento (MP) estabeleceu nesta sexta-feira, 28, uma parceria com a Secretaria Geral da Presidência da República para incentivar a participação social na construção do novo Portal do Software Público Brasileiro (SPB). O acordo prevê a criação de uma comunidade do SPB no Portal de Participação Social (www.participa.br). Esta ação marca o início da quarta etapa de desenvolvimento da nova versão do portal.

O diretor do Departamento de Governança e Sistemas de Informação, Luis Felipe Coimbra Costa, explica que a primeira consulta pública na nova comunidade será do Prêmio Ação Coletiva. "Os interessados em participar devem se cadastrar no Participa.br. Esse prêmio é um incentivo para todos aqueles que trabalham voluntariamente no desenvolvimento e aprimoramento dos softwares públicos", explica. A consulta pública vai até o dia 26 de maio.

Baseado em plataforma livre de redes sociais, o Participa.br incorporou recentemente uma ferramenta de consulta pública baseada no conceito do "crowdsourcing" de ideias, onde a população pode opinar sobre diversos temas que vão sendo coletivamente construídas e priorizadas.

Etapas de reformulação

O processo de construção do novo SPB contou com a participação da sociedade. A primeira etapa foi realizada em fevereiro de 2013, quando foi lançada uma carta aberta à população para receber colaborações para o desenvolvimento do novo portal. Um espaço virtual foi disponibilizado para os usuários exporem suas ideias e sugestões. Cerca de 200 pessoas enviaram colaborações.

As propostas enviadas foram utilizadas como insumo para a segunda etapa, constituída de dois encontros presenciais, onde pesquisadores de instituições e a sociedade estiveram reunidos para discutir o processo.

Na sequência foi realizado encontro com órgãos da administração pública federal. Nessa terceira etapa, em maio de 2013, representantes dos órgãos ligados ao Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP) sugeriram instrumentos e alternativas que poderão tornar o sítio mais eficiente.

A versão inicial do novo SPB tem previsão de lançamento para este ano.