Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Compras públicas: países conhecem experiência brasileira

Notícias

Compras públicas: países conhecem experiência brasileira

publicado:  16/04/2015 18h20, última modificação:  16/04/2015 18h20

Gestores e técnicos estrangeiros visitaram o Ministério do Planejamento 

Representantes da República Dominicana e do Uruguai estiveram presentes na manhã desta segunda-feira (25), no Ministério do Planejamento (MP), para conhecer a experiência brasileira em compras públicas. A delegação internacional conheceu as estratégias do governo federal para incentivar determinados setores da economia, como as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) e também o novo Portal de Compras Governamentais.


Foto: Ilkens Souza/Divulgação/MP

“A experiência brasileira é muito importante porque o Brasil tem um enfoque muito particular para utilizar o poder de comprar do Estado no desenvolvimento dos setores produtivos. Esta é a perspectiva que estamos implantando na República Dominicana, disse Yokasta Guzmán, chefe da Diretoria Geral de Contratações Públicas da República Dominicana. 

De acordo com Guzmán, a delegação veio ao Brasil para conhecer o envolvimento dos micro e pequenos empresários nas compras públicas. No último ano, a participação deste setor nas compras públicas realizadas pelo governo brasileiro cresceu 33%. Em 2013, as aquisições da Administração Pública Federal (APF) ficaram em torno de R$ 68,4 bilhões. Desse total, cerca de R$ 20,5 bilhões foram contratos com empresas do setor, o que corresponde a 30% de todas as aquisições de bens e serviços. “Podemos avançar muito tomando como referência os trabalhos já realizados pelo Brasil, complementa a diretora. 

A visita das delegações faz parte das ações desenvolvidas pelo governo brasileiro dentro da Rede Interamericana de Compras Governamentais ("Red Interamericana de Compras Gubernamentales – RICG"). “Presidimos essa rede desde outubro do ano passado. Estas visitas técnicas são importantes para compartilharmos o nosso conhecimento e também aprendermos com os processos realizados em outros países da América Latina, explica Loreni Foresti, secretária de logística e tecnologia da informação do MP. Criada em 2004, fazem parte da RICG 39 países. Entre eles estão a Argentina, Colômbia, Chile, Equador, México, Paraguai, Uruguai e Venezuela. 

Os representantes dos dois países ficam no Brasil até esta sexta-feira, 29. Eles irão conhecer, ainda, o trabalho desenvolvido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o Sebrae, e visitar algumas cooperativas agrícolas do Distrito Federal. Além disso, participam do 2º Seminário Internacional sobre Contratações Públicas Sustentáveis. 

Portal de Compras Governamentais

O novo portal de Compras Governamentais do Governo Federal foi lançado em maio deste ano. Totalmente reformulado, o sítio agora é dividido de acordo com o interesse do usuário, seja ele um cidadão, fornecedor ou um órgão público que deseja realizar uma licitação.