Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Tecnologia da Informação > Notícias > Centros de Recondicionamento ganham processadores Pentium IV

Notícias

Centros de Recondicionamento ganham processadores Pentium IV

publicado:  16/04/2015 15h19, última modificação:  16/04/2015 15h19

Brasília, 13/6/2007 - Os Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) de Porto Alegre, Guarulhos e Gama (DF), receberão nos próximos dias quatro mil processadores Pentium IV 2.6 GHz que serão utilizados na composição de computadores recuperados nesses locais. Os processadores serão distribuídos igualmente entre os três centros.

Os equipamentos foram doados nesta quarta-feira, dia 13, pelo presidente da Intel Américas, Greg Pearson, ao secretário de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento, Rogério Santanna. Ao todo, o Ministério do Planejamento recebeu cinco mil processadores, tendo sido mil deles repassados na ocasião ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

 

 

Os CRCs integram o Projeto Computadores para Inclusão coordenado pelo Ministério do Planejamento. A iniciativa atua no recondicionamento de computadores descartados anualmente pelos órgãos governamentais e pela iniciativa privada para destiná-los a iniciativas de inclusão digital como telecentros, escolas e bibliotecas. Até abril desse ano, o projeto recuperou 1.071 equipamentos de informática entre computadores, monitores e impressoras dos 7.348 recebidos. 

As oficinas dos CRCs são adaptadas para o processo de recepção de equipamentos usados e são responsáveis pela triagem, recondicionamento, armazenagem, entrega e descarte ambientalmente correto de componentes e computadores não aproveitáveis.

“Essa é uma iniciativa muito bem sucedida na Colômbia e no Canadá, onde supre cerca de 25% da necessidade de equipamentos das escolas públicas canadenses, e  queremos aqui no Brasil replicar esta idéia implantando dezenas de centros em todo o país”, salientou o secretário Rogério Santanna.

Na sua opinião, a doação feita pela Intel também é um incentivo para que mais empresas contribuem com o projeto. “Essa iniciativa requer uma ampla participação da sociedade para ter êxito”, complementou.

Segundo Pearson, essa é a primeira doação deste gênero feita pela Intel para o Governo. “Temos trabalhado fortemente para que a inclusão digital seja uma realidade no Brasil e acreditamos que esta doação ajudará muitos jovens a terem um futuro melhor”, afirmou Pearson.

“É uma satisfação verificar o comprometimento do Governo Brasileiro com a inclusão de milhares de crianças e adolescentes no país”, acrescentou o presidente da Intel Brasil, Oscar Clarke.

 

 

Também participaram da solenidade de assinatura do contrato de doação a presidente da Associação de Apoio à Família, ao Grupo e à Comunidade (Afago) - entidade parceira do Projeto Computadores para Inclusão em cuja área funciona o CRC do Gama (DF) -, Maria Patrocínio de Oliveira, a diretora do Departamento de Governo Eletrônico da SLTI, Patrícia Pessi, e o diretor de Tecnologia Industrial do Ministério do MDIC, José Rincon Ferreira. Jovens que atuam no CRC Gama também estiveram presentes no evento.