Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Programa de Aceleração do Crescimento - PAC > Notícias > Rodovia entre Paraná e Santa Cataria será leiloada neste ano

Notícias

Rodovia entre Paraná e Santa Cataria será leiloada neste ano

Estudos para concessão da BR 476/153/282/480 estão avançados e as propostas serão analisadas nas próximas semanas

publicado:  25/06/2015 15h24, última modificação:  25/06/2015 15h24

Os estudos para a concessão da BR 476/153/282/480, entre o Paraná e Santa Catarina, estão adiantados e a previsão é de que o leilão ocorra ainda neste ano. A rodovia tem 460 quilômetros e tem como principal função escoar a produção de grãos, aves e suínos pelos portos do Arco Sul. O investimento estimado do trecho é de R$ 4,5 bilhões.

As informações foram dadas pelo diretor de Rodovias, Ferrovias e Hidrovias do Ministério do  Planejamento, Felipe Borim, ao participar, nesta quarta-feira (24), do workshop Investimentos em Logística e Transportes, organizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

No evento, ele falou sobre o Programa de Investimento em Logística (PIL). O diretor explicou que os projetos para a concessão da rodovia que passa entre o Paraná e Santa Catarina foram feitos por meio de Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMI) já entregues ao Ministério dos Transportes. “Nas próximas semanas serão analisadas as propostas. A previsão é de que as audiências públicas ocorram o quanto antes", acrescentou.  

Além da BR-476/153/282/480/PR/SC, outras três rodovias estão com leilões previstos para 2015. São os trechos da BR 364, entre Goiás e Minas Gerais, 364/ 060, no Mato Grosso e Goiás, e a BR 163 entre Mato Grosso e Pará. No total são 2.603 quilômetros em sete estados com previsão de investimentos de R$ 19,6 bilhões para duplicação de pistas, faixas adicionais, sinalização e outras ações. A Ponte Rio-Niterói já foi concedida e teve a tarifa reduzida em maio.

Além das novas concessões, o governo prevê, no âmbito na segunda fase do PIL, novos investimentos em concessões já existentes, que somam R$ 15,3 bilhões. Um deles é a duplicação da via Dutra no trecho da Serra das Araras (SP/RJ) que está com o projeto executivo em fase final de elaboração. Outros nove projetos estão em avaliação.

PMIs

No dia 10 de junho foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) os editais de chamamento público dos Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMIs) para a concessão de quatro aeroportos e 11 rodovias.

Por meio dos PMIs o poder público autoriza e solicita empresas privadas a promoverem estudos técnicos e de viabilidade econômica e ambiental sobre a execução das obras que serão concedidas. Após receberem as autorizações, as empresas terão 180 dias para entregar os estudos.