Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > Planejamento autoriza 5,9 mil vagas para dois concursos do MEC

Notícias

Planejamento autoriza 5,9 mil vagas para dois concursos do MEC

publicado:  07/04/2015 15h23, última modificação:  07/04/2015 15h23

Brasília, 5/12/2008 – O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, determinou a realização de dois concursos públicos para a ampliação do quadro de Pessoal das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, ligadas ao Ministério da Educação. As vagas para professores e técnicos totalizam uma oferta de 5.912 postos de trabalho. Desse total, 2.086 vagas são para contratação imediata. Os cargos estão descritos na Portaria nº 370, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

A iniciativa do Ministério do Planejamento atende a compromisso do Governo Lula com o setor da Educação e, além disso, contribui para uma maior celeridade no processo de expansão do ensino no país.

As nomeações previstas já para este mês (dez 2008) referem-se a contratação de 856 professores da Educação Básica, Técnica e Tecnológica, 78 técnicos administrativos em Educação Classe C, 677 técnicos administrativos Classe D e 475 técnicos Classe E.

O outro concurso para as Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica, anunciado hoje no art.2º da mesma portaria, tem prazo de seis meses para o lançamento de edital, com o provimento dos cargos na dependência de uma autorização específica do ministro do Planejamento. O quantitativo é de 3.826 vagas, sendo 2.332 para professor da Educação Básica, Técnica e Tecnológica, 99 para técnico administrativo Classe C, 745 para técnico Classe D e 650 para técnico da Classe E. O ministro da Educação deverá fixar a quantidade de vagas para cada uma das instituições conforme as necessidades de pessoal. Por sua vez, as instituições ficarão encarregadas de abrir editais com as regras de seus respectivos concursos.