Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > Inmetro e Hemorio receberão o Troféu PQGF em 2010

Notícias

Inmetro e Hemorio receberão o Troféu PQGF em 2010

publicado:  07/04/2015 15h24, última modificação:  07/04/2015 15h24

Brasília, 23/9/2010 – Por decisão do Conselho do Prêmio Nacional da Gestão Pública (PQGF), o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e o Instituto Estadual de Hematologia Artur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio) foram as instituições destacadas entre as organizações públicas do país com alto desempenho em gestão pública em 2010.

Ambas as organizações alcançaram a Faixa de Reconhecimento Ouro e, pelo índice elevado de pontuação obtido, receberão o Troféu PQGF 2010. O troféu é a instância máxima da premiação concedida pelo Ministério do Planejamento. O Hemorio já havia sido premiado em 2007.

No total, 11 instituições foram selecionadas para figurarem este ano como modelos de atuação, em razão do nível de desempenho institucional apresentado e das boas práticas gerenciais desenvolvidas. A cerimônia de homenagens aos vencedores do Prêmio Nacional da Gestão Pública no Ciclo 2010 será em novembro deste ano.

Na Faixa de Reconhecimento Prata, os reconhecidos são: Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece),  Departamento de Água e Esgoto de Penápolis/ SP (DAEP), Diretoria de Crédito do Banco do Brasil S/A , Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa).


Foto: Ilkens/Divulgação

Os reconhecidos na Faixa Bronze: Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) e o 15º Batalhão Logístico (15º BL) ambos do Exército Brasileiro, a Unidade de Serviços Compartilhados da Petrobras, Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes/Ceará, Centro de Análises de Sistemas Navais  (CASNAV) da Marinha do Brasil.

O 12º PQGF recebeu inscrições de 34 organizações e destas 29 foram confirmadas como candidatas, sendo 20 da Administração Direta e Indireta, sete da Categoria Especial Saúde e duas da categoria Especial Saneamento.

Homologação dos Resultados – O anúncio oficial dos vencedores do PQGF em 2010 foi feito hoje, em ato no salão nobre do Ministério do Planejamento, com a presença do secretário-executivo adjunto, Francisco Gaetani, representando o ministro Paulo Bernardo, e do presidente do Conselho do Prêmio, empresário Jorge Gerdau Johannpeter. A reunião foi aberta pelo secretário adjunto de gestão, Walter Emura, e contou também com as participações do diretor do Departamento de Programas de Gestão da Secretaria de Gestão, Bruno Palvarini, e do gerente do PQGF, Cesar Pereira Viana.

Gaetani destacou que a premiação é um estímulo para outras organizações públicas melhorarem os serviços oferecidos. “No setor público nós precisamos valorizar o que dá certo e precisamos reforçar as iniciativas que várias áreas do governo estão desenvolvendo com vistas ao estabelecimento de processo de melhorias contínuas, afirmou. “Então, a premiação nada mais é do que o reconhecimento, o aplauso e a valorização desse esforço, dessas organizações que hoje são exemplos para várias outras seguirem esse caminho, acrescentou.

Walter Emura afirmou que o Prêmio contribui para fortalecer a capacidade institucional dos órgãos e entidades públicas federais, estaduais e municipais. “É importante que esse fortalecimento se dê em todas as instâncias, disse, ao defender, nesse processo, a valorização do bom gestor. “Nosso esforço é sair da lógica de punição do mau gestor e caminhar para o reconhecimento e a premiação do bom gestor, destacou, acrescentando que o PQGF é o coroamento dessa meta.


Foto: Ilkens/Divulgação

Segundo Jorge Gerdau, a iniciativa do PQGF, de reconhecer e premiar, é mais um esforço no sentido de valorizar a tecnologia de gestão. “A vantagem desse processo para o país e para as instituições é conseguir trabalhar de uma forma mais econômica e com maior qualidade de serviços para a população, destacou. Sobre o resultado alcançado pelo Inmetro e Hemorio, observou que essas organizações não estão em primeiro lugar apenas porque estão na faixa Ouro: “Elas apresentaram mais do que um sistema de gestão excelente; apresentaram uma constância de propósitos, já que perseguem a melhoria da gestão há muito tempo.

Bruno Palvarini destacou a importância dos ciclos do PQGF reconhecerem os resultados gerados pelas organizações para os cidadãos e para a sociedade, “de forma alinhada à missão do Programa GesPública e às estratégias da Secretaria de Gestão, citando como exemplo o Decreto 6.932/2009, de Simplificação do Atendimento ao Cidadão. Acrescentou que a cerimônia de premiação deste ano “já reconhecerá as organizações públicas que desenvolveram e divulgaram Cartas de Serviços e, a partir de 2011, o PQGF contará com critérios específicos para o atendimento ao cidadão.

Cesar Viana afirmou que o resultado deste ano “expressa o reconhecimento pela busca constante da excelência do sistema de gestão organizacional, com foco em resultados. Segundo Viana, os princípios constitucionais que regem a administração pública e os fundamentos da gestão contemporânea norteiam as organizações e, por meio do servidor, suas implementações “permitem o sucesso demonstrado hoje no reconhecimento do Prêmio Nacional da Gestão Pública, cuja meta deve ser o cidadão e a sociedade. De acordo com o gerente do PQGF, mesmo as organizações não reconhecidas, mas participantes do Ciclo de Premiação, receberão os relatórios de avaliação de seus sistemas de gestão, permitindo rever processos, metodologias, planos e estratégias, alavancando sua gestão. “A gerência do PQGF parabeniza a todas as pessoas e organizações que participam do GesPública, concluiu.