Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > GesPública deverá ser adotado pela Fazenda

Notícias

GesPública deverá ser adotado pela Fazenda

publicado:  07/04/2015 15h23, última modificação:  07/04/2015 15h23

Brasília, 18/9/2007 – A metodologia de gestão do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GesPública) deverá ser utilizada pela Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério da Fazenda (SPOA/MF). O pedido formal de adesão ao programa foi encaminhado este mês ao Ministério do Planejamento pelo titular do órgão na Fazenda, Laerte Meliga.

Segundo o subsecretário, a solicitação leva em conta o momento de mobilização que se encontra a SPOA em torno de seu Planejamento Estratégico – “instrumento que se alinha ao GesPública”. Para Laerte Meliga será oportuno seguir os parâmetros do programa, especialmente do ponto de vista de manter a conduta de gestão com o foco na obtenção de resultados.

A SPOA do Ministério da Fazenda funciona no anexo “A” do Bloco P da Esplanada dos Ministérios e conta com cerca de 2900 servidores. Além da unidade central em Brasília possui 25 Gerências Regionais de Administração (GRAs), uma por estado da federação (onde o DF engloba Tocantins).

Uma vez inscrita no GesPública, a SPOA/Fazenda deverá submeter-se a cinco produtos do programa: diagnóstico (auto-avaliação da Gestão), pesquisa de clima organizacional, pesquisa de satisfação de unidades usuárias, elaboração de carta de serviços, e simplificação de processos.

O Programa Nacional da Gestão Pública e Desburocratização – GesPública, foi instituído pelo Decreto nº 5378, de 23 de fevereiro de 2005, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e para o crescimento do país.