Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > Fórum dos Núcleos Estaduais e Setoriais do GESPÚBLICA

Notícias

Fórum dos Núcleos Estaduais e Setoriais do GESPÚBLICA

publicado:  07/04/2015 15h23, última modificação:  07/04/2015 15h23

Brasília, 30/9/2008 – No próximo dia 2 de outubro, representantes dos 23 núcleos do Programa Nacional da Gestão Pública (Gespública) instalados no país estarão reunidos durante todo o dia, das 9 às 18 h, na sede da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), em Brasília.

O encontro terá como finalidade aprofundar o debate em torno do aperfeiçoamento do Programa, com ênfase na elaboração de um plano de comunicação para aprimorar a interação entre a Gerência Executiva, no âmbito do Ministério do Planejamento, e as coordenações do Gespública nos estados.

O ponto de partida das discussões ocorreu nos dias 11 e 12 deste mês, quando em videoconferência, com o apoio e nas dependências da Caixa Econômica Federal, a direção do Gespública apresentou uma proposta de reestruturação do Programa para os voluntários que compõem, nos 27 estados brasileiros, a Rede Nacional da Gestão Pública.

No evento, denominado “Bate papo com a Rede, a coordenação nacional defendeu como medida estratégica de dinamização do Gespública a realização de um amplo envolvimento com parceiros estaduais e nacionais para o fortalecimento dos núcleos representativos.

Esse envolvimento se daria a partir da articulação com os governos estaduais, por meio das secretarias de administração e/ou planejamento, com base na implantação da Carta de Brasília; articulação com entidades nacionais ligadas ao movimento da qualidade: MBC, FNQ, Fórum dos Programas Estaduais, Sebrae, Geração, e articulação com empresas públicas de caráter nacional como Caixa, Petrobrás, Banco do Brasil, Eletronorte, Furnas, Correios, Banco do Brasil, Conab, Funasa , entre outras.

A conversa com os estados serviu para firmar consenso em relação a outras iniciativas, como a definição de um Termo de Compromisso entre as organizações adesas/parceiras e a coordenação nacional do GESPÚBLICA e a criação de um canal permanente de comunicação entre o órgão central e as coordenações estaduais, incluindo o mecanismo da videoconferência de forma mais efetiva. Nesse diálogo, também foi sugerida uma maior interface com as organizações voltadas para gestão em todos os níveis de governo.