Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > É preciso respeitar as diferenças, afirma Duvanier no Fórum da Diversidade

Notícias

É preciso respeitar as diferenças, afirma Duvanier no Fórum da Diversidade

publicado:  07/04/2015 15h24, última modificação:  07/04/2015 15h24

Brasília, 22/9/2011 – Trabalhar com gestão de pessoas significa, em primeiro lugar, identificar os conflitos. Os conflitos precisam ser explicitados, não podem ser escamoteados.

É a partir desse princípio, citado na solenidade de abertura pelo secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira, que a Ouvidoria do Servidor promove durante dois dias o 2º Fórum de Gestão da Diversidade na Administração Pública.


Foto: Luciano Ribeiro/Divulgação

O encontro, que está sendo realizado no auditório do subsolo do Ministério do Planejamento, no Bloco K da Esplanada, reúne autoridades, dirigentes, técnicos de ouvidorias e demais servidores envolvidos com a gestão de pessoas no serviço público.

O debate envolve questões ligadas aos chamados “grupos vulneráveis e tem como objetivo combater o preconceito e a discriminação, no local de trabalho, de negros, mulheres, idosos, grupo LGBT e portadores de deficiência física.

Ao discursar na abertura, o secretário Duvanier foi claro quanto à posição que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão tem sobre o tema: “Os seres humanos são todos diferentes, a pior postura e atitude do ser humano é não reconhecer isso. Então é preciso respeitar o diferente, afirmou. “Quanto mais diferentes somos, mais nos somamos, nos complementamos. O tratamento da gestão da diversidade passa por isso e  diz respeito à missão dos gestores de pessoal.


Foto: Luciano Ribeiro/Divulgação

Da solenidade de abertura também participaram o ouvidor-geral da União, José Eduardo Elias Romão; o ouvidor-geral da Bahia e presidente da Associação Nacional de Ouvidores Públicos, Jones Carvalho; e a coordenadora-geral de Normas e Gestão de Pessoas da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Cynthia de Toledo Losso.


Foto: Luciano Ribeiro/Divulgação
 
O secretário aproveitou a oportunidade para anunciar que no processo de mudança interna pelo qual o ministério está passando, com alterações estruturais nas secretarias de Gestão e de Recursos Humanos, a Ouvidoria do Servidor será uma ferramenta fundamental. “O trabalho da ouvidoria irá assegurar a participação do servidor e especialmente de forma individual. Irá assumir um papel na Secretaria de Relações do Trabalho com outra maior significação, assegurou Duvanier.