Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Notícias > Com grande público, Jornada Internacional de Gestão é a primeira de um ciclo

Notícias

Com grande público, Jornada Internacional de Gestão é a primeira de um ciclo

publicado:  07/04/2015 18h24, última modificação:  07/04/2015 18h24

Por melhorias no setor público, encontro reuniu em três dias representantes de governos, da academia, da iniciativa privada e do terceiro setor.

Brasília, 14/3/2013 – Um público de 2.153 pessoas e a marca de comparecimento de representantes de 25 estados brasileiros dão a dimensão do sucesso da 1ª Jornada Internacional de Gestão Pública, realizada desde o último dia 11, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O evento promovido pelo Ministério do Planejamento terminou ontem (13), com a aprovação dos participantes e já com a data da segunda edição marcada para 23 a 25 de abril de 2014.

Ao fazer o balanço do encontro para uma plateia repleta ao final de evento, a secretária de Gestão Pública, Ana Lúcia Amorim de Brito afirmou que estava encerrando “ a primeira jornada de um ciclo e convidou a todos para voltarem a Brasília, no próximo ano.

A 1ª Jornada aliou o conhecimento de mestres da administração pública e as experiências dos países com modelos de gestão idealizados para o atendimento ao cidadão. Além de apresentar cases de sucesso e falar de atuais desafios no Brasil e no mundo, apontou tendências que sinalizam para grandes mudanças no contexto do trabalho, nos próximos anos, especialmente no setor público.

Foram mais de 15 horas de conferências, painéis temáticos e oficinas, com 26 palestrantes brasileiros e 10 internacionais.  A palestra que mais emocionou o público, de acordo com os comentários de bastidores, foi a da ministra presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Carmen Lúcia, que participou do painel magno “Visão Estratégica para Gestão Pública voltada ao cidadão. Também tiveram  grande aceitação as palestras do governador da Bahia, Jaques Wagner, do ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, e do senador do México, Salvador Vega Casillas.

Os painéis com maior número de participantes, com cerca de 500 inscritos em cada auditório, foram os de número 1 e 6, com os temas “Dilemas da Ação Estatal – a busca da eficiência e “Desafios à Governança Centrada no Cidadão.  O painel 1 teve como palestrantes Sabino Cassese, membro da Suprema Corte da Itália,  Guy Peters, professor da Universidade de Pittsburgh (EUA), e o deputado federal, Rogério Carvalho, membro da Comissão Especial de Aprimoramento das Instituições Brasileiras. O painel 6 foi integrado por Mark Evans, diretor na Escola de Governo da Austrália, Gerry Stoker, professor de Política e Governança da Universidade de Southampton, do Reino Unido, e pela assessora especial do Centro Latino-americano de Administração para o Desenvolvimento (CLAD), Nuria Cunill.

Avaliação positiva – Ana Brito destacou no encerramento que dado o grande número de comparecimentos e o entusiasmo do público com as práticas e reflexões apresentadas a 1ª Jornada Internacional de Gestão Pública atingiu os objetivos. Em uma brincadeira com os presentes, disse que “há dez anos enchia-se um elevador com pessoas interessadas na melhoria da gestão pública e que nos dias atuais o tema ganha em importância, pois consegue encher auditórios.

Com base nessa percepção, defendeu que as contribuições da jornada sejam “de fato aplicadas aos processos e rotinas de trabalho e que possam frutificar em uma mobilização ainda maior pela construção de um Estado mais eficiente e inclusivo, finalizou a secretária.

1ª Jornada Internacional de Gestão Pública – Balanço em Números

  • 15h30 minutos de debates
  • 3 conferências magnas
  • 8 painéis
  • 10 oficinas simultâneas
  • 2.153 participantes
  • 25 Estados presentes
  • 26 palestrantes brasileiros e 10 internacionais
  • 8 coordenadores de painéis
  • 192 expositores
  • 18 estandes
  • 33 órgãos e empresas expositoras
  • 88 pessoas no trabalho de bastidores

Leia mais: