Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Ministério da Defesa e Universidade Federal de Viçosa aderem à tramitação eletrônica de documentos

Notícias

Ministério da Defesa e Universidade Federal de Viçosa aderem à tramitação eletrônica de documentos

Ferramenta reduzirá uso do papel e ampliará transparência na gestão de informações

publicado:  29/04/2016 18h59, última modificação:  29/04/2016 18h59
 
 
Neste mês, o Ministério da Defesa (MD) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) aderiram ao Sistema Eletrônico de Informação (SEI). A solução permite transferir a gestão de documentos e de processos administrativos para um ambiente virtual. A tramitação de expedientes – desde a criação, edição, assinatura, até o armazenamento – passa a ser totalmente realizada em meio eletrônico. 
 
Atualmente, 25 órgãos e entidades do Poder Executivo Federal utilizam a ferramenta e outras 96 estão em processo de implantação. O secretário de Organização Institucional do Ministério da Defesa, Luiz Antonio Cordeiro, reforçou a importância da ferramenta para tornar a tramitação de processos mais ágil e transparente. “O SEI vai trazer uma mudança de paradigma para nossa instituição”, disse.
 
Além de promover a redução de custos e agilidade dos processos, o instrumento irá oferecer aumento da segurança e da transparência na tramitação dos documentos e sustentabilidade ambiental.
 
O SEI é uma das três ações do Processo Eletrônico Nacional (PEN), coordenado pelo MP. Desenvolvida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), a solução é cedida, gratuitamente, para os órgãos públicos do Executivo Federal. De acordo com o Decreto nº 8.539/2015, até outubro de 2017 todos os órgãos devem usar o meio eletrônico para a tramitação de seus processos administrativos.