Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Inovação > Semana de Inovação > Programação

Programação

publicado:  06/11/2015 18h47, última modificação:  03/12/2015 15h16

Conferência Internacional

Debate entre autoridades e especialistas nacionais e internacionais sobre temas relevantes de inovação. Entre os tópicos, estão os desafios e estímulo à inovação no setor público, laboratório com experiências nacionais e internacionais, e remoção de barreiras. A Conferência é gratuita e aberta ao público. Garanta a sua inscrição!

02 de Dezembro

08h00 - Credenciamento

09h00 -  Abertura

09h45 - Assinatura da Carta de Intenções com a Embaixada da Dinamarca

10h00 - A Arte da Inovação: como criar condições para que a inovação aconteça
Ao mesmo tempo em que a inovação está intimamente ligada à incerteza e, em muitos casos, é dependente de circunstâncias fortuitas, também é condição necessária para o sucesso inovador o engajamento em ações deliberadas para a criação de componentes sistêmicos, processuais e epistêmicos. Este painel explorará em que medida essas características se mantêm no âmbito de inovações em gestão pública.

Moderador: Genildo Lins, Secretário de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Brasil

Palestrantes:
- Luiz de Mello, Vice-diretor, Diretoria de Governança Pública e Desenvolvimento Territorial, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)
- Maryantonett Flumian, Presidente do Instituto de Governança, Canadá
- Thomas Prehn, Diretor do MindLab, Dinamarca

12h00 - Premiação StartupGov

12h30 - Intervalo

14h30 - Inovação no Setor Público: contexto, conceitos e desafios
Este painel posicionará a discussão sobre inovação na esfera pública a partir de visões de especialistas amparadas na experiência nacional e internacional. Questões conceituais, institucionais e práticas serão trazidas à tona e elucidadas quanto à sua coerência e efetividade.


Moderador:
Cristiano Heckert, Secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Brasil

Palestrantes:
- Antonio Isidro Filho, Universidade de Brasília (UnB)
- Brenton Caffin, Diretor de Competências de Inovação, NESTA, Reino Unido
- Mariano Laplane, Presidente do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos
- Wolfgang Drechsler, Professor, Escola de Inovação e Governança Ragnar Nurkse, Universidade de Tecnologia Tallinn University, Estonia

15h50 - Apresentação aplicativo Sigepe para celular

16h00 - Intervalo

16h15 - Estímulo à Inovação no Setor Público: estratégias de indução
Como induzir inovação? A realidade e as urgências da contemporaneidade requerem inovações de diversas ordens. Porém, muitas vezes há fatores críticos que detêm o surgimento de inovações. Este painel discutirá como, mesmo num contexto desse tipo, inovações podem surgir no serviço público.


Moderador:
Gledson Pompeu, Tribunal de Contas da União (TCU), Brasil

Palestrantes:
- Cibele Franzese, Fundação Getúlio Vargas
- Marcelo Tambascia, Líder da área de Pesquisas Corporativas da 3M do Brasil
- Marco Daglio, Gerente do Observatório de Inovação no Setor Público, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)
- Renato Simões,  Assessor Especial do Ministro para Participação Social Secretaria de Governo - Presidência da República no rol dos palestrantes
- Stéphane Vincent, co-fundador e director do Laboratório La 27e Région, França

18h00 - Encerramento

03 de Dezembro

09h00 - Laboratórios de Inovação em Governo: Experiências Internacionais
Laboratórios de inovação em governo, lócus vivos, interativos e plurais de experimentação entre atores de distintas características, são uma grande tendência em políticas públicas. Como eles surgem na prática e que resultados entregam? Este painel abordará algumas das principais experiências em funcionamento no mundo.


Moderador: Luiz Felipe Monteiro, Ministério do Planejamento

Palestrantes:
- Juan Felipe López Egaña, Diretor Executivo, Laboratório de Governo, Chile
- Nicholas Gruen, Diretor do Centro Australiano para Inovação Social (TACSI), Austrália
- Stephanie Wade, Diretora, Laboratório de Inovação, Escritório de Gestão de Pessoas, Estados Unidos
- Thuli Radebe, Chefe Executiva, Centro para Inovação no Serviço Público, África do Sul

10h30 - Intervalo

11h00 - Inovação no Setor Público: experiências do Governo Federal
O governo brasileiro é inovador. É o que demonstrarão as experiências discutidas neste painel. Casos de sucesso serão colocados em debate, de modo a que sobressaiam pontos positivos e negativos comuns e particulares.

Moderador:
José Eduardo Elias Romão, IPEA

Palestrantes:
- Fabiana Ruas, Centro de Inovação, Tribunal de Contas da União (TCU), Brasil
- Luis Felipe Bismarchi Consultor de Organização e Estratégia - SUICE- Superintendência Nacional de Inteligência Corporativa, Estratégia e Inovação da Caixa Econômica Federal
- Marcos Vinícius de Souza – Secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
- Virgínia Bracarense Lopes, Diretora da Central de Compras e Contratações, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
- Wagner Vilas Boas de Souza, Secretário-Executivo Adjunto do Ministério da Educação

12h30 - Intervalo

14h30 - Ousando mudar: removendo barreiras à inovação no setor público
Questionar os limites estabelecidos e ousar mudanças criativas está na raiz da inovação. Neste painel, será discutido como barreiras e fronteiras são questionadas de uma maneira coerente e produtiva, de forma a gerar inovações consistentes e efetivas.

Moderador:
Gianna Sagazio, Diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria, Brasil

Palestrantes:
- Adrian Brown, Diretor Executivo do Centro para o Impacto Público, Suíça
- Carlos Higino Ribeiro de Alencar, Secretário-Executivo da Controladoria-Geral da União
- Pedro Farias, Especialista em Modernização do Estado, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Estados Unidos
- Rainério Rodrigues Leite, Secretário-Geral de Controle Externo, Tribunal de Contas da União (TCU)
-  Vagner Diniz, Gerente-Geral do Escritório Brasil do W3C

16h00 - Intervalo

16h30 - Caminhos para inovação no setor público no Brasil
Em meio a mudanças aceleradas na economia e na sociedade, o que requer governos continuamente inovadores, quais são os caminhos para inovar no setor público brasileiro? Este painel refletirá pragmaticamente sobre como a inovação pode fazer a diferença para Estado brasileiro.


Moderador: Patrícia Brito de Ávila, Secretária de Gestão Pública Adjunta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Brasil

- Fernando Abrúcio, Professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV)
- Gleisson Rubin, Presidente, Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Brasil
- Guilherme Estrada Rodrigues, Secretário-Executivo Adjunto, MPOG
- Francisco Gaetani, Secretário-Executivo, Ministério do Meio Ambiente

17h30 - Encerramento

*Programação sujeita a alterações


Arenas de Inovação

Cursos de capacitação, com nove temas distintos. A capacidade dos cursos varia entre 50 a 100 participantes. Os treinamentos serão sobre ferramentas inovadoras e como elas podem ser aplicadas na administração pública. Entre os temas que serão abordados estão design thinking, gestão de projetos e importância das redes e das tecnologias digitais. Os cursos serão gratuitos e abertos ao público.

Atenção: Alguns cursos acontecerão simultaneamente. Para os cursos ministrados em Língua Inglesa haverá tradução simultânea. Confira alguns dos temas previstos e programe-se:

04 de Dezembro

PERÍODO DA MANHÃ: DAS 9H ÀS 13H

CURSO 1:  TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E INOVAÇÃO (4h)
Professor: ANNA SOFIE JACOBSEN - LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO EM GOVERNO MINDLAB, DINAMARCA
Objetivo: Discutir as oportunidades e desafios do uso de tecnologias da informação para melhorar a qualidade e eficiência da prestação de serviços no setor público. Explorar o uso do e-gov como estratégia de expansão para facilitar o acesso e a participação dos cidadãos, a fim de desenvolver mecanismos de transparência e responsabilização da administração pública.

CURSO 2:  GERANDO IMPACTO PÚBLICO A PARTIR DE INSIGHTS COMPORTAMENTAIS (4h)
Professores: ADRIAN BROWN e DANNY BUERKLI - CENTRO PARA O IMPACTO PÚBLICO
Objetivo: Apresentar casos de sucesso na produção de impacto na ação pública a partir da rica experiência do palestrante em diferentes continentes. A troca de experiência entre gestores públicos no plano internacional, muito procurada atualmente como maneira de potencializar o impacto de medidas, pode trazer insights valorosos para problemas públicos e ações de governo no Brasil.

CURSO 3: GESTÃO DO CONHECIMENTO E DA INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO (4h)
Professora: GABRIELA TAMURA - WEGOV
Objetivo: Apresentar a técnica conhecida como "Storytelling" como instrumento inovador para a gestão do conhecimento de uma instituição, a partir da ampliação das suas capacidades para capturar, disseminar e influenciar na implementação de mudanças organizacionais.

CURSO 4: INOVAÇÃO COLABORATIVA: A IMPORTÂNCIA DAS REDES (4h)
Professor: BRUNO RONDANI - WENOVATE
Objetivo: Demonstrar quais são as melhores práticas da inovação aberta orientada a desafios e auxiliar gestores e servidores envolvidos com o ciclo de políticas públicas a fazer melhor uso da colaboração para a inovação em suas áreas de atuação dentro do Governo Federal.

CURSO 5: GESTÃO DE PROJETOS DE INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO (4h)
Professor: FELIPE SCHERER - INNOSCIENCE
Objetivo: Apresentar técnicas de gestão de projetos voltadas para a inovação no setor público, com vistas a promover uma cultura de colaboração, atender as demandas da sociedade e contribuir para o desenvolvimento das organizações públicas.

04 de Dezembro

PERÍODO DA TARDE: DAS 14H ÀS 18H

CURSO 6: DESIGN THINKING NO SERVIÇO PÚBLICO (4h)
Professor: GERMANO GUIMARÃES – INSTITUTO TELLUS
Objetivo: Introduzir métodos e ferramentas do Design Thinking utilizando casos e situações de projetos reais para promover uma cultura de inovação no serviço público federal.

CURSO 7: PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO NO RELACIONAMENTO ENTRE NÍVEIS DE GOVERNO (4h)
Professor: STÉPHANE VINCENT –  LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO EM GOVERNO DA 27é RÉGION (França)
Objetivo: Explorar, a partir da experiência internacional comparada e particularmente do caso francês, como a relação entre níveis de governo pode ser pensada e articulada positivamente. A inovação conjuntamente produzida entre, no caso brasileiro, União, estados e município, pode gerar impulso adicional em áreas em que competências são compartilhadas ou onde há interdependência

CURSO 8: TECNOLOGIAS DIGITAIS E INTERAÇÃO ENTRE GOVERNO E SOCIEDADE (4h)
Professor: ÁLVARO GREGÓRIO - iGovLAB SP
Objetivo: O objetivo desse curso é discutir as oportunidades e os desafios do uso das tecnologias digitais, utilizando casos e exemplos nacionais e internacionais, para a prestação de serviços públicos com maior agilidade, no aumento da transparência das ações de governo e na construção de políticas públicas com participação da sociedade.

CURSO 9: INOVAÇÃO E REDESENHO DE SERVIÇOS PÚBLICOS (4h)
Professor: LUCAS CIABOTTI – ELO GROUP
Objetivo: O curso visa responder algumas das principais perguntas necessárias para inovar na Administração Pública do Brasil: Quais as principais barreiras à inovação no serviço público, e como vencê-las? Quais as melhores práticas e ferramentas para gerar novas ideias e prototipar novos serviços públicos? Como conectar governo e sociedade para co-criação de serviços e processos mais aderentes às necessidades da sociedade? Como mobilizar e estimular servidores e órgãos para inovar? O que podemos aprender com quem fez acontecer?

 A programação é toda gratuita. Garanta a sua inscrição!