Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Gestão > Inovação > Notícias > Startup Gov promove inovações para o Executivo Federal

Notícias

Startup Gov promove inovações para o Executivo Federal

Iniciativa premiou projetos que visam otimizar gestão pública

publicado:  02/12/2015 17h49, última modificação:  02/12/2015 17h49
 
Durante os dias 30/11 e 1º/12, a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) sediou o Startup Gov que promoveu o desenvolvimento de protótipos de inovações nas áreas de educação e de gestão pública, que podem ser úteis ao governo federal. Durante o evento, foram apresentadas oito propostas de empreendedores, tanto na otimização de serviços, quanto na contenção de gastos.
 
Foto: Francisca Maranhão/Ministério do Planejamento 

As propostas apresentadas foram submetidas a uma banca avaliadora, formada por representantes do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tribunal de Contas da União (TCU) e Serviço Nacional da Indústria (Senai). Os critérios analisados foram a viabilidade, valor e o grau de inovação.
 
O projeto vencedor foi o “Leva Nóis”, que procura otimizar serviços de transporte de pessoas, visando a diminuição de gastos. A proposta é baseada em roteamento dinâmico, para identificar os itinerários das pessoas via web ou aplicativos (APP) e fazer com que elas viajem juntas, mesmo que trabalhem em órgãos diferentes.
 
As outras ideias finalistas foram a “Profiler Educ.”, que mapeia os alunos com dificuldades através de ajuda online, e o “EducaCoad”, plataforma de programações baseados em problemas reais, para que os jovens aprendam a programar com pequenos problemas que de fato existem. Também foi selecionado para essa etapa o “Buscapé do Governo”, que gera preços reais para a administração pública, agilizando a resposta do empresário para a estimativa de preço.
 
Para o diretor de Gestão de Sistemas da Secretaria de Gestão Pública do MP, Luís Monteiro, as ideias e o evento foram fundamentais para aquecer o desenvolvimento de atividades inovadoras (startups). “Nós do governo estamos aprendendo muito. Queremos estreitar cada vez mais esta comunicação”, comentou.
 
Na opinião dos participantes do evento, a iniciativa mostra uma mudança de pensamento do governo no relacionamento com a iniciativa privada. Carla Colonna, empreendedora da Incubadora Tecnológica da Univates (Inovates), ressaltou que a iniciativa foi relevante para os empreendedores, que passaram a conhecer melhor alguns desafios que o governo enfrenta e puderam propor soluções já adotadas na iniciativa provada.
 
O presidente da Associação de Startups (Asteps), Hugo Giallanza, acredita que as ideias desenvolvidas no evento podem, com certeza, ser aplicadas no governo. “Sem dúvidas, se as propostas pensadas aqui forem implementadas, vão ser de grande utilidade para o serviço público” enfatizou.
 
Augusto Hermann, da área de tecnologia do MP, mencionou também a importância da troca de informações entre trabalhadores da iniciativa pública e da privada. “Esse foi o primeiro exercício de colocar startups para conversar com os servidores. Foi bastante positivo, tanto do lado do empreendedor, que ficou contente por entender melhor como funciona o governo, tanto como dos servidores, que entenderam a dinâmica das startups”. comemorou.
 
O Startup Gov faz parte da programação da Semana de Inovação em Gestão Pública, que acontece até o dia 4 de dezembro, em Brasília (DF).