Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Empresas Estatais > Notícias > Nova lei de estatais permitirá avanços de gestão, diz ministro do Planejamento

Notícias

Nova lei de estatais permitirá avanços de gestão, diz ministro do Planejamento

Ministro se reuniu com representantes do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos

publicado:  01/07/2016 22h24, última modificação:  04/07/2016 12h14
A nova lei que rege as empresas estatais foi destacada pelo ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, em encontro com executivos que fazem parte do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos, nesta sexta-feira (1º).
Ao comentar a lei (13.303/2016), Dyogo Oliveira, disse que representa grande avanço em relação à gestão das estatais. “É um exemplo na área legislativa da capacidade de realização do governo”, considerou o ministro sobre a lei sancionada pelo presidente Michel Temer.
 
Oliveira citou que a legislação fortalece os conselhos fiscal e de administração. “Os conselhos terão funções segregadas da diretoria ampliando-se o espaço para participação de integrantes independentes, além de exigir-se qualificação para a ocupação desses postos”, explicou.
 
“Outro aspecto da lei é a criação do comitê de auditoria, como órgão de assessoramento direto do conselho de administração, composto majoritariamente por conselheiros independentes”, destacou o ministro.