Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Desenvolvimento > Parcerias Público-Privadas > Notícias e Eventos > Notícias > Capital humano é fator principal para melhoria dos investimentos públicos

Capital humano é fator principal para melhoria dos investimentos públicos

publicado:  27/04/2005 14h56, última modificação:  12/06/2015 12h40

Para o professor da Universidade de Los Andes, na Colômbia, Raul Castro, o capital humano é fator importante para que haja melhoria na capacidade de investimentos públicos. Segundo ele, seu país possui uma preocupação constante com a qualidade da saúde e educação, o que levou o governo local a adotar planos emergenciais de atendimento à população.

O programa colombiano Famílias em Ação, cuja idéia apresenta semelhanças com o Bolsa Família - desenvolvido pelo governo brasileiro para assistência à população de baixa renda -, é um programa social que consiste na concessão de subsídios vinculados para educação e saúde. "Houve um impacto positivo porque as famílias estavam enviando seus filhos à escola", explicou.

Castro deu destaque à necessidade de avaliação posterior dos projetos implementados pelo governo para se efetuar ajustes necessários e fazer análise do impacto sobre as populações que se beneficiam do programa. Disse também que o primeiro passo é a elaboração de um orçamento orientado para resultados, sem perder de vista as restrições existentes. 

Uma das ferramentas necessárias para se definir o custo-benefício dos programas, na avaliação do professor, são os indicadores de confiança, construídos sob um modelo econométrico, que devem possuir intervalos pré-definidos para possibilitar maior flexibilidade de ajustes dos projetos.

As considerações foram feitas hoje por Castro no seminário internacional "Melhoria da Qualidade dos Investimentos Públicos e Parcerias Público-Privadas, realizado pelos ministérios do Planejamento, Fazenda e Fundo Monetário Internacional (FMI).