Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Concursos > Notícias > Planejamento autoriza nomeações para quatro órgãos federais

Notícias

Planejamento autoriza nomeações para quatro órgãos federais

publicado:  21/05/2013 14h44, última modificação:  28/05/2015 09h29

Brasília, 21/05/2013 - O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou, nesta terça-feira, nomeações para o Ministério do Meio Ambiente – MMA, Defensoria Pública da União, Fundação Alexandre de Gusmão – Funag, e Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI. Nos três primeiros órgãos, serão nomeados candidatos aprovados em concursos ainda em vigência, com o objetivo de suprir vacâncias e desistências ocorridas a partir de março de 2012.

Segundo a Portaria nº 180, publicada hoje no Diário Oficial da União, serão nomeados para o Ministério do Meio Ambiente 12 agentes administrativos. Outros 12 comporão o quadro de pessoal da Defensoria Pública da União, que ainda nomeará um bibliotecário, cinco economistas e um técnico em Assuntos Educacionais. Já a Fundação Alexandre de Gusmão, vinculada ao Ministério das Relações Exteriores,  nomeará dois analistas de Relações Internacionais.

As outras nomeações autorizadas hoje pelo Planejamento são de candidatos que foram aprovados no concurso autorizado pela Portaria 255/12 para o INPI, vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. De acordo com a Portaria nº 181, serão nomeados 242 aprovados para cargos de nível superior, assim distribuídos: 70 pesquisadores em Propriedade Industrial; 17 tecnologistas em Propriedade Industrial; e 86 analistas em Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Propriedade Industrial, .

Outros candidatos aprovados que concorreram para cargos de nível intermediário do INPI também serão nomeados: 35 técnicos em Propriedade Industrial; e 34 técnicos de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Propriedade Industrial.