Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Assuntos Internacionais > Notícias > Planejamento realiza debate sobre os impactos regionais de projetos de infraestrutura

Notícias

Planejamento realiza debate sobre os impactos regionais de projetos de infraestrutura

Seminário integra ciclo de palestras promovido pela Secretaria de Assuntos Internacionais

publicado:  19/05/2016 20h57, última modificação:  19/05/2016 21h00
 
 
Especialistas reforçaram a importância do planejamento de obras de infraestrutura para execução e a necessidade de aprimorar a elaboração dos projetos, passo inicial para a obtenção de financiamentos. As análises foram feitas durante o seminário ‘Projetos de infraestrutura e seus impactos sobre as desigualdades regionais’, realizado pela Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (Seain/MP), na manhã desta quinta-feira (19).

Foto: Gleice Mere/Ministério do Planejamento 
 
Para o líder do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos e doutor em Economia, Antônio Rocha, deve ser considerada a sustentabilidade ambiental e social dos empreendimentos, já que as inciativas, geralmente, alteram o cotidiano das pessoas e das localidades onde moram. Rocha disse, também, que é preciso elaborar projetos que incluam etapas de implantação e funcionamento, garantindo que “eles gerem benefícios sociais para as comunidades a longo prazo”.
 
O coordenador-geral de Planos Regionais e Territoriais do Ministério da Integração, João Mendes, apresentou um panorama dos desafios enfrentados na execução dos projetos de infraestrutura no Brasil e afirmou que, antes do início das obras, é preciso verificar as atividades produtivas do lugar e sua ocupação, mas que, principalmente, “é preciso refletir sobre a lógica que as políticas impõem às localidades, observando, ainda, seus impactos sobre o desenvolvimento humano”.
 
Como exemplo destes impactos, o coordenador, que é também professor universitário, citou o Porto de Suape, em Pernambuco, que provocou uma redução nas atividades de turismo em Porto de Galinhas, ao mesmo tempo em que transformou a região em um polo industrial.