Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Assuntos Internacionais > Notícias > Agência da ONU aumentará o apoio à agricultura familiar no Brasil

Notícias

Agência da ONU aumentará o apoio à agricultura familiar no Brasil

Medida foi anunciada após avaliação destacar bons resultados em projetos de melhoria de produtividade

publicado:  23/10/2015 14h33, última modificação:  23/10/2015 14h36

O Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (Fida), agência especializada das Nações Unidas e Instituição Financeira Internacional que financia projetos de assistência técnica rural e de reforma agrária, vai aumentar o seu apoio à agricultura familiar no Brasil, com base nos resultados de uma avaliação do programa nacional apresentado nessa quinta-feira em Brasília.

De acordo com os resultados apresentados na Mesa-Redonda Nacional, os dois projetos concluídos - o Dom Hélder Câmara e o Gente de Valor - têm mostrado bons resultados em termos de gestão da água, melhorias de produtividade, empoderamento dos beneficiários e melhoria das suas capacidades para influenciar a alocação de recursos, e envolvimento de mulheres, jovens rurais e quilombolas em atividades de desenvolvimento.

"O Fida está plenamente empenhado em continuar a apoiar o grande esforço do Brasil para combater a pobreza rural, que, ao longo dos últimos anos já foi reduzida pela metade", destacou Lakshmi Menon, Vice-Presidente Associado do Departamento de Serviços Corporativos do Fida. "O Brasil é o nosso maior e, em muitos sentidos, o mais emblemático programa na região. E vai continuar assim", acrescentou.

A avaliação faz uma série de recomendações. Entre elas, dedicar mais esforços no diálogo político nacional e aumentar iniciativas com a cooperação Sul-Sul e Triangular. "Deve haver um melhor equilíbrio entre os empréstimos e atividades não creditícias nos futuros projetos, e maior cooperação em particular com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e outros parceiros de desenvolvimento que trabalham no setor agrícola e rural no país", pontuou Oscar A. Garcia, Diretor do IOE.

TRANSFORMAÇÃO RURAL

A avaliação concluiu que o desempenho melhorou desde 2007, quando o IOE fez a última avaliação do programa do país no Brasil. A avaliação considera que o Fida financiou seis novos projetos no país desde 2008, com foco na promoção da transformação rural sustentável e inclusiva através da agricultura familiar na região Nordeste, que estão nas suas fases iniciais de implementação. A avaliação destaca a necessidade de consolidação das atividades - inclusive com foco em eficiência operacional, a sustentabilidade dos benefícios, e monitoramento e avaliação - para garantir os resultados desejados e melhorias em matéria de segurança alimentar e de subsistência.

"Prevemos US$ 50 milhões de investimento adicional no Brasil ao longo dos próximos três anos. Isto irá permitir-nos reforçar o impacto da nossa carteira de projetos, com base nas lições aprendidas com o relatório do IOE ", disse Joaquín Lozano, Diretor do FIDA para a América Latina e Caribe.

O IFAD tem construído uma parceria forte e útil com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o Ministério do Desenvolvimento Agrário, e os governos estaduais e a sociedade civil.

Para saber mais acesse: Para saber mais acesse: http://www.ifad.org/media/press/2015/70_p.htm

Com informações do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola