Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Assuntos Econômicos > Notícias > Governo avalia medidas para aperfeiçoar mercado de capitais

Notícias

Governo avalia medidas para aperfeiçoar mercado de capitais

publicado:  28/05/2015 13h50, última modificação:  28/05/2015 13h50

O governo estuda medidas para permitir maior participação de recursos do setor privado nos projetos de concessões que serão feitos em aeroportos, portos, ferrovia, rodovias e dragagens. “O mercado de capitais será o principal foco para captação de recursos para nova rodada de investimentos no país. O caminho está trilhado. Temos que continuar com as debêntures de infraestrutura”, afirmou hoje (28) o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), Dyogo de Oliveira, no Encontro Internacional de Infraestrutura e Parcerias Público-Privadas da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). 


foto: Guilherme Kardel / Divulgação CBIC

“O lançamento de debêntures de infraestrutura tem ganhado corpo”, comentou. De acordo com Oliveira, entre os projetos de investimento aprovados, há um potencial de cerca de R$ 172 bilhões que podem se reverter emissões de debêntures de infraestrutura no futuro (consulte a apresentação). 

Segundo o secretário, nos últimos anos, o mercado de crédito cresceu no país, com volume considerável de lançamentos de IPO, debêntures e seguros, passando de 30,7%, em 2007, para 54,8%, até março deste ano. Ele ressaltou ainda que mercado de capitais representou R$ 29 bilhões, em 2014, em fontes de financiamento do investimento, enquanto o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiou R$ 188 bilhões, no período. Diante disto, Oliveira avaliou que “o BNDES terá uma participação relevante nas novas rodadas de concessões, mas será preciso atrair a participação de investidores, participadores e construtores privados”, disse.