Você está aqui: Página Inicial > aedes > notícias > CGU realiza palestra sobre prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypti

Notícias

CGU realiza palestra sobre prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypti

Evento ocorreu na manhã desta terça-feira (2) e reuniu cerca de 120 pessoas, em Brasília

publicado:  02/02/2016 16h58, última modificação:  04/02/2016 19h38
Divulgação/CGU

Divulgação/CGU

Na manhã desta terça-feira (2), a Controladoria-Geral da União (CGU) realizou palestra sobre prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, no auditório do Órgão Central, em Brasília. O objetivo foi incentivar servidores a fazer parte na luta contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O evento reuniu cerca de 120 pessoas.

Na abertura, o ministro-chefe da CGU, Carlos Higino, destacou o caráter internacional do tema. “A pauta é mundial. Atualmente, os jornais estão dando mais atenção a esse assunto do que a qualquer pauta econômica”, ressaltou. Higino também falou sobre a importância do papel de cada cidadão no combate ao Aedes Aegypti. “É dever nosso, de cada um de nós, como sociedade, ficar atento às medidas preventivas”, comentou.

Em seguida, equipe de vigilância ambiental do Governo do Distrito Federal (GDF) deu início à palestra e mostrou as principais formas de prevenir e eliminar os focos do mosquito. Além disso, apresentou o histórico do Aedes no Brasil e os sintomas das doenças causadas por ele, assim como tiraram várias dúvidas de servidores.

Antes da palestra, os representantes do GDF fizeram busca no prédio para verificar pontos críticos existentes. A vistoria não detectou nenhum foco do mosquito. No entanto, foi sugerido aos servidores atenção em relação às plantas aquáticas nas salas, que podem acumular água e pôr em risco o ambiente de trabalho. “Para isso, basta colocar areia nos vasos”, afirmaram.

Na entrada do auditório, também ficou exposto stand com cartilhas e folders, onde as pessoas tiveram a oportunidade de ver, em detalhes, larvas e pupas do mosquito. O evento fez parte de campanha do Governo Federal para combater o mosquito vetor das doenças dengue, chikungunya e zika.

Fonte: Controladoria-Geral da União